Trip to Paris I

Trip to Paris I

[:en]These Paris posts will continue for a while. I hope that sharing my experience will make other people dream of visiting France!
13.07

I woke up around 5am. I got dressed and called a taxi to the bus station. Took a bus at 6am to Porto airport. Waited a while in the airport (the flight was only at 8). Flew to Paris.

Although I know I already traveled by plane (when I was younger with my parents) I don’t remember it so this was a different experience. Porto is really beautiful in the air. You can see all the little houses and the cars, it seems like a playground you can play it. Paris wasn’t much like this near the Paris Orly airport. I arrived and my dad’s friend came pick me up. We had lunch and then went to his daughter’s house (where I stayed). I arrived, met her kids and we went to the Marne. The house was really close to the river so it was really great. We played some monopoly then their parents arrived, we had dinner and it was pretty much it. Didn’t do much in the first day.
14.07

I woke up fully rested around 5am and decided to leave very early. It was Bastille day and if you really want to see something of the parade you’ve to arrive early. I arrived to Paris and before going to Champs Élysées I went to Louvre. That’s the first time I actually realized I was in Paris. It was super weird but I was happy. After leaving Louvre and walking A LOT (everything was blocked) I arrived. It was about 8h.

I thought the parade would begin at 9h. So waiting an hour was doable. At 9h I realized that the parade would only begin at 10. I started to become impatient. I decided that after seeing the first leave I would also leave. Waiting so much time is definitely not my cup of tea. I walked and walked again, trying to find Louvre. In the middle of my walk I decided to buy a croissant (how I was I in France without tasting a croissant?) It gave me strength to keep walking. I arrived to Louvre, sat and sketched for a while. The people I was with invited me to go to a birthday party and I had to be at 13h at home. When I arrived to the party I realized that it was one of those whole day parties and since I didn’t know anyone it really sucked. It felt like an all afternoon wasted. The only advantage was that we were close to my old school (when I lived in France) and they took me there. It didn’t change from what I remember. It was amazing to be able to connect with my past.[:pt]Estes posts sobre Paris vão continuar. Espero que partilhar a minha experiência inspire alguém a visitar França!
13.07

Acordei por volta das 5 da manhã. Vesti-me e chamei um táxi para me levar até à rodoviária. Apanhei um autocarro até ao aeroporto do Porto. Esperei um pouco no aeroporto (o voo era só às 8). Voei até Paris.

Embora saiba que já tenha andado de avião (quando era mais nova com os meus pais) não me lembro por isso foi uma experiência diferente. O Porto é mesmo bonito lá de cima. Parece que podemos brincar com as casinhas e os carros. Sinceramente Paris não era muito bonito lá de cima (pelo menos ao pé do aeroporto de Orly). Cheguei e o amigo do meu pai veio-me buscar. Almoçámos e fui para a casa da filha dele (onde eu morei quando estive em França). Cheguei, conheci os filhos dela e fomos até ao Marne. A casa era mesmo pertinho do rio e é mesmo lindíssimo. Quando voltámos jogámos Monopólio até os pais deles chegarem. Pouco depois jantámos e foi isso. Não fiz muito no primeiro dia.
14.07

Acordei por volta das 5 da manhã sem sono nenhum. Decidi sair cedo de casa, era feriado em França e queria ver o desfile. Para isso é preciso chegar cedo assim não dá para ver nada. Cheguei a Paris e antes de ir para os Champs Élysées fui até ao Louvre. Acho que foi a primeira vez que percebi mesmo que estava em Paris, que o meu sonho tinha-se tornado realidade. Saí do Louvre e depois de andar MUITO (tudo estava bloqueado) cheguei. Eram cerca de 8h.

Pensei que o desfile fosse começar às 9h. Esperar uma hora é concretizável mas quando chegou as 9h percebi que o desfile ia mesmo só começar às 10. Comecei a ficar impaciente. Decidi que depois de ver os primeiros que ia-me embora. Esperar tanto tempo não é a minha cena. Andei e andei outra vez à procura do Louvre. Pelo caminho decidi comprar um croissant (como é que eu estava em França sem ter ainda provado um?). Deu-me força para continuar a andar. Cheguei ao Louvre e sentei-me a desenhar por algum tempo. As pessoas com quem eu estava a viver convidaram-me para ir a uma festa de aniversário por isso tinha de estar à uma em casa. Cheguei à festa e percebi que era uma daquelas festas que duram o dia inteiro e como não conhecia ninguém não gostei mesmo nada. Senti que foi um tarde desperdiçada. Acho que a única vantagem foi como estávamos próximos da minha antiga escola (quando vivia em França) e eles levaram-me lá. Não mudou nada em relação àquilo que me lembro. Gostei bastante de conectar assim com o meu passado.[:]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *