Como fazer caldo de legumes com restos de vegetais

by Cath
0 comment

Se estás a cozinhar vegetais, é muito provável que estejas a deitar fora talos e cascas e outros restos de vegetais, estes restos acabam por ir para o aterro. No aterro, o desperdício alimentar produz metano enquanto está a decompor. O metano é um gás com efeito de estufa que é mais potente que o dióxido de carbono.

Talvez tenhas a possibilidade de compostar ou dar o teu composto a outras pessoas. Se já estás a fazer isso, bom trabalho, estás a evitar que mais desperdício vá para o aterro e a criar solo com mais nutrientes.

Contudo, não é muito melhor usar estes restos para complementar a nossa alimentação? Em vez de compostar ou deitar no lixo estes restos, podes usá-los para dar mais nutrientes a ti e à tua família. Fazendo caldo de legumes em casa.

Porquê que caldo de legumes caseiro é melhor

Reduzir o nosso desperdício alimentar é por vezes cansativo, há muitas coisas para preparar e descobrir como usar, assim agradeço muito esta receita. Estou a contribuir para haver menos desperdício alimentar sem sacrificar o meu tempo.

Por muito que sejamos apaixonados em reduzir o nosso desperdício alimentar, às vezes só queremos um bocadinho de tempo para nós.

Eu escrevi sobre como usar cascas de cenouras mas se queres usar muitos restos de uma vez e se não sabes como aproveitar as cascas, a melhor solução é mesmo fazer o teu próprio caldo de legumes. Nem sempre terás tempo para usar algumas cascas para reduzir o teu desperdício, é melhor fazer alguns litros de caldo e não pensar mais nisso.

Outras vantagem é que, decerto já reparaste, se compras caldo de legumes embalado regularmente, a quantidade de sódio que tem. Eu prefiro controlar a quantidade de sal que a minha comida tem. Sou Portuguesa, já ponho demasiado sal na comida.

E por último, estás a fazer caldo de legumes quase de graça, estás a usar água e electricidade mas para além disso, todos estes restos já ias deitar fora, não os compraste especificamente para fazer caldo. Grande poupança de dinheiro que resulta em pratos deliciosos.

Como fazer o caldo de legumes mais saboroso

caldo de legumes em frasco

Eu sou uma pessoa muito simples e não ponho nada para além de restos de vegetais. Queria que esta receita fosse simples que qualquer pessoa pudesse fazer sem demorar muito tempo. A única coisa que é necessária é limpar os restos (muito bem!) e pôr em água.

Mas há formas de o deixar mais chique, por exemplo, podes fazer um refogado com cebolas e/ou alho-francês antes de adicionar água para intensificar o sabor.

Também não usei sal na receita mas pode ser adicionado.

Não pôr sal nem qualquer gordura no caldo de legumes dá-me mais liberdade de usar o caldo em qualquer lado sem pensar muito. Assim só tenho que me preocupar em temperar a comida como normalmente o faço e sem considerar a quantidade de sal que já está neste caldo de legumes caseiro.

Também podes adicionar outros ingredientes para dar mais sabor.

Adicionar ervas aromáticas

Podes adicionar ervas aromáticas para intensificar o sabor do teu caldo de legumes. Usa ervas frescas e não secas para um melhor sabor.

Se não usas os talos das ervas para cozinhar (mas devias, porque são muito saborosos) em vez de os deitares ao lixo, usá-lo para este caldo ainda vai permitir que reduzas mais o teu desperdício alimentar.

Outra coisa, dependente do tipo da erva aromática, é melhor pôr logo tudo junto ou no fim. Ervas aromáticas como o tomilho, o alecrim e o louro podem melhor aguentar o calor durante grandes períodos de tempo mas os coentros e a salsa ficarão melhor se adicionados quase no fim de cozinhar o teu caldo de legumes – cerca de 20min antes.

Adicionar molhos

Podes ainda adicionar alguns molhos que são conhecidos por adicionar aquele sabor “umami” aos pratos. Alguns deles irão pôr o teu caldo mais salgado por isso atenção quando temperares os pratos depois de adicionar este caldo. Alguns molhos que irão dar um toque especial ao teu caldo de legumes caseiro:

  • Molho de peixe – uma colher por cada 2 litros
  • Molho de soja – uma colher por cada litro
  • Molho Amino Coco – uma colher por cada 2 litros

Estas são apenas referências, podes adicionar mais ou menos molho dependendo dos teus gostos.

Restos de vegetais que podes usar para o teu caldo de legumes

Qualquer vegetal que aguente bem a temperatura por algum tempo e não fique azedo pois irás cozinhar em lume brando por algum tempo.

Aqui está uma lista de restos de vegetais que são bons para o teu caldo:

  • Cascas de cebola
  • Parte escura do alho francês
  • Colo da cebola (parte de cima da cebola)
  • Colo de cenoura
  • Cascas de cenoura
  • Restos de aipo
  • Pés de cogumelos (mas são melhores cortados pequeninos em massas!)

Restos de vegetais que não deves usar no teu caldo de legumes

Se já fizeste caldo de legumes anteriormente, podes ter tido o azar que ele se tenha tornado amargo. Sabes qual foi o problema? Usaste legumes que não deveriam ser usados para caldo.

Vegetais crucíferos, como os brócolos, irão tornar o teu caldo amargo. Espinafre não faz parte desta família mas também não é muito bom para fazer caldo, é melhor usar os talos para fazer sopa.

Pensa assim: o que acontece quando cozinhas demasiado um destes vegetais? Ficam maus certo? Esta é a pergunta que tens de fazer sempre que não souberes se este vegetal vai ser bom ou não para o teu caldo. Recomendo ficares por aqueles que estão acima e depois daí ir experimentando.

As cascas de batatas também fazem o caldo um pouco mais espesso e mais turvo e eu prefiro não usar. Gosto mais de fazer cascas de batatas fritas. Deixo ao teu critério.

Algo que adoro na cozinha é que se pode ir experimentando e ver o que é melhor para nós, faz pequenas porções e vê se gostas ou não gostas das combinações que fizeste.

Aqui está a lista de vegetais que não recomendo para o teu caldo de legumes. A maioria delas são é muito bons para fazer sopa.

  • Brócolos
  • Couve de bruxelas
  • Espinafres
  • Beterrabas e rama de beterrabas
  • Courgette
  • Feijão verde
  • Casca de abacate
  • Tomate
  • Pepino

E se não tiver restos suficientes para fazer caldo?

saco com cascas de vegetais

Se estás a cozinhar apenas para uma ou duas pessoas podes não ter muitas sobras de vegetais.

O meu conselho é congelar estes restos e depois quando tiveres suficiente, fazes caldo.

Tenho um saco daqueles ziploc que uso e quando está cheio faço o caldo de legumes. Depois de tirar tudo o que está lá dentro ponho de volta no congelador.

Sim, mesmo vazio. Isto é um pequeno truque que tenho para evitar que tenha preguiça de ir buscar um saco para pôr os restos, assim não há desculpas.

Lava os teus restos de vegetais muito bem

Se estás a congelar o resto dos teus vegetais, garante que tudo está bem lavado antes de congelar.

Vai ser muito mais difícil de tirar terra e lavá-los depois de descongelar.

Como guardar caldo de legumes caseiro

No frigorífico

O caldo de legumes caseiro dura 3 dias no frigorífico.

No congelador

Podes também congelar o caldo para usar mais tarde. Recomendo congelar em porções prontas para usar. Podes congelar em frascos de vidro, apenas tem cuidado e deixa alguma margem, cerca de 2-3cm para garantir que não parte no congelador.

Quando estás pronto o usar, deixa no frigorífico a descongelar no dia anterior ou usa o microondas para descongelar caso necessites dele imediatamente.

O que fazer com os restos de vegetais depois de cozidos

Não deites nada fora!

Agora tens um monte de restos de vegetais cozinhados.

Podes pensar, bem agora que já os usei vou pô-los no lixo, e era o que eu fazia até encontrar isto. Mas não! Vamos usar TUDO. Não é espectacular?

Tritura os restos de vegetais cozinhados até fazerem uma pasta. Esta pasta é deliciosa e irá complementar muitos pratos dando um pouco de sabor e consistência.

Dura 2-3 dias no frigorífico mas podes congelar esta pasta em cubos.

Pratos onde usar a pasta de restos de vegetais

  • Risotto – Usar cerca de ½ chávena
  • Massa com vegetais salteados – Usar cerca de 2-3 colheres de sopa
  • Sopa – Usar cerca de 3-4 colheres de sopa

É incrível a quantidade de coisas que podemos fazer para reduzir o nosso desperdício alimentar e ainda mais incrível que possamos ao mesmo tempo cozinhar refeições saborosas tendo isto em atenção.

Onde usar caldo de legumes

Usar caldo de legumes na cozinha em vez de apenas água é uma boa forma de melhorar a tua comida sem grande esforço.

Podes fazer este caldo de legumes para usar no teu risotto e vais ver a diferença de sabor.

Mas a verdade é que podes usar este caldo em qualquer lado, de massas a sopas, vai melhorar o sabor de tudo. Confia em mim.

vegetable broth in jars

Caldo de legumes caseiro

Se estás a cozinhar vegetais, é muito provável que estejas a deitar fora talos e cascas… Comida caldo de legumes caseiro, caldo de legumes feito de sobras, caldo de legumes restos, caldo de legumes, caldo de legumes feito em casa European Print This
Prep Time: Cooking Time:
Nutrition facts: 200 calories 20 grams fat

Ingredients

  • 500gr (4 chávenas) de restos de vegetais (cascas de cebola, cascas de legumes, etc, ver acima)
  • 2 litros (9 chávenas) de água

Instructions

  1. Lavar bem as sobras de vegetais.
  2. Adicionar água fria e restos num tacho. Deixar ferver.
  3. Quando começar a ferver, reduzir o lume e deixar cozer em lume brando por 1 hora.
  4. Tirar do lume e escorrer os vegetais. Usar imediatamente, ou deixar arrefecer para guardar no frigorífico ou no congelador (ver acima).

Notes

  • Use os restos de vegetais escorridos para fazer uma pasta de vegetais que pode usar para complementar outras refeições.
  • Duplicar, triplicar a receita para fazer grande quantidades de caldo de uma vez.
  • Adicionar talos de ervas aromáticas para intensificar o sabor.

You may also like

Leave a Comment