Recent Posts

5 formas de usar cascas de cenoura

5 formas de usar cascas de cenoura

Tenho a missão eterna de reduzir o meu desperdício na cozinha, especialmente cascas, aquelas coisas mais comuns de pormos para o lixo. Como vivo num apartamento e não faço compostagem, gosto de tentar utilizar tudo até ao máximo mas continuando a comer comida deliciosa. Quando […]

Última Semana – Agosto Desafio Despensa

Última Semana – Agosto Desafio Despensa

O desafio despensa de Agosto está oficialmente terminado! Foi mesmo um desafio e acho que o vou continuar até que os ingredientes mais difíceis de usar acabem. O que comi nesta última semana? Comi muitas vezes fora esta semana o que não ajudou a tirar […]

Semana 3 – Agosto Desafio Despensa

Semana 3 – Agosto Desafio Despensa

Finalmente gastei um pouco de wakame! Em cima foto do que fiz no Sábado, usei dois ossos do peito de frango (que ainda tinha alguma carne) e cozinhei para fazer um caldo. Ao mesmo tempo, adicionei 3 colheres de wakame em água. Comecei a fazer arroz e adicionei o meu caldo, quando estava quase pronto adicionei cogumelos Marron e comecei a tirar a carne dos ossos e adicionei-a ao arroz. Depois de tudo cozinhado, tirei do lume e adicionei a alga. Se eu fizesse esta refeição outra vez usaria apenas uma colher de sopa, estava em exagero, hidratada as três colheres deram cerca de 2 chávenas de wakame e dominou o sabor todo do prato. Comemos tudo mas fez-me enjoar um pouco daquilo. Percebi que gastar isto tudo em Agosto será impossível.

Maior parte da semana passada passou-se a comer restos (como o caril que eu fiz a semana passada) ou refeições rápidas.

Na Terça, gastei os últimos cubos de caril Japonês que tinham expirado no dia 15 e também usei muita courgette. Tenho agora no frigorífico 200gr de courgette, finalmente!!!

Esta semana também comemos montes de vegetais que a minha mãe deu-me que ela não teve tempo para gastar: pepinos, tomates e feijão verde, foi tudo. Temos sorte em que os meus pais venham com tanta frequência em trabalho, costumam sempre trazer alguma coisa.

O que comprei: arroz, é muito difícil para nós viver sem arroz e não consigo ver-nos a passar o resto de Agosto sem o comer. Ainda temos arroz de risotto para gastar mas passar sem arroz normal? Muito difícil.

Também comprei flocos de aveia e manteiga de amêndoa porque fiz barrinhas de granola! Idealmente teria comprado os flocos a granel mas como era Domingo nenhuma das lojas estavam abertas e eu sabia que depois não ia ter paciência para fazer as barras durante a semana. Comprei porque tinha tâmaras e muitas sementes para gastar e achei que seria a forma mais fácil de usá-las, principalmente as tâmaras. Flocos de aveia é algo que uso muito por isso está tudo bem, manteiga de amêndoa nunca tinha comprado mas sempre quis experimentar e vou arranjar várias formas de a usar no dia-a-dia.

Granola bar

Usei uma receita chamada “Super seedy granola bars” da Minimalist Baker e fiz apenas metade da receita porque tinha só metade das tâmaras precisas para a receita (usei secas e deixei-as a hidratar durante 15min). Em vez de amêndoas inteiras usei amêndoas laminadas porque era aquilo que tinha. Sementes de cânhamo foram substituídas por mais sementes de girassol. Usei mel para adoçar e até correu bem porque acabei por gastar quase todo o mel que tinha (que já era pouco) mas pode ser que dê para mais uma leva de barrinhas com menos mel. Nunca fui grande fan de barrinhas, sempre achei que haviam coisas mais interessantes para comer, mas isto fez-me mudar de ideias e desapareceram num ápice. E aprovadas pelo Daniel que é sempre um bónus porque ele é sempre incrédulo em relação a doces um pouco mais saudáveis. Tenho a eterna missão de fazê-lo mudar de ideias 😀

A publicação da próxima semana será dia 31 em vez de ser na Quarta (ou como hoje na Quinta) para completar este desafio.

O que comeram esta semana? Partilhem nos comentários!

Semana 2 – Agosto Desafio Despensa

Semana 2 – Agosto Desafio Despensa

Estava claro para mim que esta semana seria um bocadinho mais complicada para seguir o desafio, principalmente porque sabia que ia passar o fim de semana a casa dos meus pais. Fez logo com que eu perdesse muito tempo de cozinha mas no entanto foi […]

Semana 1 – Agosto Desafio Despensa

Semana 1 – Agosto Desafio Despensa

A primeira semana do desafio começou com um calor infernal. Este calor é simplesmente horrível para mim, porque me custa a dormir e a fazer alguma coisa. Felizmente as temperaturas já baixaram e já tenho conseguido dormir muito melhor. O que comi nesta semana do […]

Agosto – Desafio Despensa

Agosto – Desafio Despensa

Não tenho um congelador grande nem muito espaço para ingredientes mas tenho reparado que tenho muitas coisas por usar, e desafiar-me a mim própria seria uma boa forma de comer tudo o que tenho na cozinha.

Tenho regras muito pouco restritas para este desafio porque seria impossível alimentar dois por um mês com a quantidade de coisas que tenho neste momento. Temos algumas coisas que foram compradas e que apenas metade da embalagem foi usada é o principal objetivo é mesmo livrar-me desses.

As Regras

  • Evitar comprar algo para além de frescos
  • Evitar comprar algo para gastar outro, mas se é mesmo preciso garantir que é todo usado ou que é um ingrediente usado com frequência na nossa casa

Aqui está a minha “despensa” sem deixar de mostrar nada, toda desorganizada, sem edições, é obviamente pequena mas isso não significa que não haja coisas que precisem de ser gastas:

Pantry Cupboard

E eis as coisas que me estão a preocupar mais, se tiverem receitas a recomendar comentem por favor!

  • Wakame – comprei para fazer sopa miso mas a embalagem era grande para a quantidade que precisávamos
  • Tâmaras – penso que vou fazer umas barras de granola com isto
  • Arroz tufado – comprei isto com boas intenções mas depois reparei que maior parte das coisas feitas com isto tinham chocolate e não me agradam sobremesas de chocolate – talvez faça e leve para o trabalho ou então tenho de arranjar outra coisa
  • Courgette – dão-nos muitas courgettes e agora as courgettes que começaram aqui neste apartamento e foram transplantadas para terra em casa dos meus pais começaram a dar fruto e são enormes – adoro que tenha visto a evolução mas rapidamente estou a ficar com menos ideias de como a cozinhar – principalmente quando o Daniel nem gosta assim tanto de courgette 🙂 mas temos comido quase todos os dias para gastar!

Quem quer juntar-se a mim neste desafio?

Descoser cinto de tecido de calças

Descoser cinto de tecido de calças

This entry is part 1 of 1 in the series Dar uma segunda vida à roupa

Decidi começar uma série de publicações sobre remendar e alterar pequenas coisas na roupa. Como sabem adoro começar projetos novos mas o que talvez não sabem é que não gosto assim tanto de remendar, considero-o chato, tenho-o feito apenas porque acredito em usar a minha […]

É importante usarmos RSS

É importante usarmos RSS

Adoro as redes sociais, adoro seguir as pessoas que admiro e ver um pouco da vida delas. É tão mágico que estejamos num mundo em que nos possamos conectar tão facilmente com pessoas de outros países e realidades. Adoro ver as insta stores das minhas […]

Projecto Felicidade 2018 – como está a correr?

Projecto Felicidade 2018 – como está a correr?

Achei que seria bom falar um bocadinho como vai o projeto felicidade a meio do ano, tem sido interessante aprender algumas coisas sobre mim mas também não nego que é fácil voltar aos hábitos antigos. Se quiserem saber porquê que comecei este projecto e os meus objetivos para este ano dêem uma vista de olhos à publicação que escrevi no início do ano. Vou evitar ser demasiado exaustiva e falar em traços gerais para que não seja tão maçudo. Provavelmente a publicação maçuda será no final do ano, preparem-se!

O trabalho não é a tua vida

Há muita coisa que tem ficado para trás, principalmente quando os dias têm sido tão caóticos. Neste último mês tenho trabalhado imenso, mais do que gostaria e do que deveria ser possível, lá se foi o mandamento “O trabalho não é a tua vida”. Tem-me consumido muito, tanto em horas como no stress que tenho sentido. Este stress tem-me até afetado fisicamente, mascarado de falta de fome (eu tenho sempre fome!) e noites mal dormidas.

Para além disso, isso depois afecta outras áreas da minha vida e retira-me a vontade de fazer aquilo que quero realizar a nível pessoal. Por exemplo, o blog sofreu muito, peço desculpa pela ausência! Quem quer ser produtiva depois de ter trabalhado até às 11 da noite? Ninguém (ou serei só eu? 🙂 ). Esperemos que estes períodos atribulados passem ou que consiga controlar melhor o efeito que têm em mim e que possa ter mais oportunidade de focar-me em mim mesma.

Amor Próprio

Esquecendo estes últimos tempos, sinto que nesta primeira metade do ano, tenho-me dado tempo para fazer as coisas que preciso. Tudo o que senti ao início do ano que me ajudaria imenso a melhorar os meus dias, tenho conseguido manter, as minhas idas ao ginásio, escrever no diário, ir passear ao fim de semana sozinha, fazer algo criativo. São tudo coisas que cada vez mais são vitais para mim e tenho de reservar um espaço na minha vida para elas mesmo que isso signifique dizer que não a outras.

O ginásio tem sido um ponto particularmente importante, é uma boa forma de eu descomprimir ao final do dia e tenho ganho muita energia o que é estranho mas é verdade.

Não comprar livros até ler todos o que tenho em casa

Comprar livros é algo que achava que não seria assim tão difícil de fazer mas que na verdade aparece muitas vezes no dia-a-dia. Vejo recomendações e quero comprar o livro, ou então nas minhas idas às feiras de artigos em segunda mão e sem reparar o impulso de comprar aparece. Sempre fui uma pessoa bastante poupada por isso surpreendeu-me que o impulso da compra aparece tantas vezes quando estamos a falar de livros. Sinto-me contente por ter-me desafiado a fazer isto, definitivamente era algo que precisava.

Melhor feito do que perfeito / Não penses demais

Em termos de perfeccionismo e auto-confiança, é um caminho árduo. Continuo a pensar demasiado, continuo a deixar publicações por escrever no blog porque penso que ninguém quer saber ou que não tenho conhecimento suficiente para falar, continuo a querer “gold stars” das pessoas que me são mais queridas. É um percurso que estou a percorrer e que provavelmente nunca terá fim mas estou a tentar ser melhor. Um passo de cada vez.

Falando em perfeccionismo, temporariamente larguei-o e em Maio finalmente lancei o “Em Segunda Mão”, algo que já estava na minha cabeça há mais que um ano mas por perfeccionismo estava a adiar o seu lançamento. É um directório de lojas que vendem artigos usados. Depois do “A Granel” e de ter visto o quanto ajudava as pessoas, queria lançar este site, principalmente porque comprar em segunda mão é muito mais acessível a todas as pessoas do que comprar a granel, não apenas por falta de lojas como também pelos preços praticados. O logo definitivamente não é a melhor obra de arte de sempre mas tive de lançar com ele mesmo assim. Acreditam que já estava há 6 meses parado por causa do logo? Tive de aceitar e seguir em frente.

Como está o vosso projecto felicidade? Ou se não participaram no projecto, como vão os vosso objectivos para 2018?

Costurar guardanapos de pano

Costurar guardanapos de pano

Mudar de guardanapos de papel para guardanapos de pano foi uma das coisas mais fáceis que fizemos aqui em casa para reduzir desperdício. Para além de parecer mais adulto também é mais amigo do ambiente. Quando decidi fazer esta mudança, a minha mãe deu-me alguns […]