Workshop de Sapataria Artesanal

Workshop de Sapataria Artesanal

Descobri este workshop através de um anúncio no facebook. Normalmente não dou muita atenção a anúncios, no entanto este despertou-me a curiosidade. Já devem saber que me interessa muito fazer as coisas do inicio, desde fazer pão, tricotar, costurar, etc. Não há nada mais divertido para mim do que transformar matéria prima em algo para usar ou comer. Fazer sapatos? Um outro mundo que nem me tinha passado pela cabeça que poderia existir, entusiasmada inscrevi-me. O workshop não era no Porto mas era bastante perto da casa dos meus pais, que sortuda!

Fui a primeira a chegar, fui logo acolhida pela professora, Ana Cabete, que é dona da Sapataria do Gouveia e pelos organizadores do evento e criadores do projecto “Liberta-te”, Rute e Pipo.

Enquanto esperava pelos outros participantes, tive oportunidade de saborear a calma transmitida por aquele lugar, sem rede, com uma paisagem linda, em que tudo me diz relaxa. É impossível ser imune a isto.

Já em paz completa, o workshop começou por uma introdução teórica de como as matérias-primas são transformadas em material para o calçado. Desconhecia totalmente qualquer parte da produção de calçado por isso achei esta informação muito relevante e dá um bom contexto à parte prática.

Na parte prática, aprendemos a usar um molde de sapateiro para fazermos o molde do nosso sapato,
Molde sapateiro com modelo

cortar e coser o couro a partir do molde, colar tudo junto e deixar secar,
Sapato colado para fazer forma

tudo até termos um sapato nas nossas mãos. O meu ficou assim:
Sapato terminado
Muitas coisas que poderiam ter ficado melhores mas honestamente adoro os pequenos detalhes que lhe adicionei.
Detalhe sapato terminado

E eis os sapatos que foram feitos no workshop todos juntos:
Todos os sapatos feitos no workshop

São lindos certo? Aquele de bebé é especialmente adorável mas é incrível como neste grupo fez-se sapatos tão distintos, não há nenhum parecido ao outro!

Acho que foi a primeira vez num workshop em que me senti tão conectada com as pessoas, houve uma energia espetacular durante este dia e não senti aquele convívio forçado que acontece quando estamos nestas situações. É difícil explicar mas era exatamente o que eu precisava para desligar totalmente de todos o stress que tenho tido no trabalho. Senti-me completamente rejuvenescida depois deste dia, o meu pai, que me foi buscar, disse que se notava.
Cola sapateiro

Se tiverem oportunidade de algum dia participar neste workshop recomendo vivamente, não podem é esperar levar um par no final do workshop! É que só mesmo no final é que consegui acabar o meu sapato por isso um par seria um pouco mais complicado. A Rute e o Pipo, organizadores do evento, acolheram-me muito bem e a comida servida era deliciosa, não poderia pedir mais. Superou as minhas expectativas!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *