Adeus 2017!

Adeus 2017!

Quando disse adeus a 2016 o ano passado, disse que queria focar-me mais em aumentar a minha auto-confiança. Considero que ainda tenho um longo caminho a percorrer e em vez de ter melhorado sinto que se deteriorou, ou simplesmente estou ainda mais consciente dela, não sei dizer.

E 2017 foi um ano um bocadinho mais complicado que 2016 mas aconteceu muita coisa boa. Eis os destaques de 2017:

  • Japão – Este tinha de ser o primeiro da lista, tanto eu como o Daniel queríamos visitar este país há imenso tempo e foi uma viagem muito boa, primeiro porque o Japão é um país super diferente ao que nós já visitámos e segundo porque foi a primeira grande viagem que fizemos sozinhos fora do trabalho.
  • A Granel – O site agranel.pt foi lançado em Fevereiro e foi evoluindo imenso durante este ano e adoro ver a utilidade que dá as pessoas.
  • 28 livros lidos – Costumo sempre por um objetivo de leitura mais baixo (20 livros este ano) do que acho que consigo, isto porque não sei como vai ser aquele ano e porque gosto de ter um objetivo que seja sempre cumprido! Muita batota certo? A verdade é que maior parte dos livros foram lidos no 2º semestre de 2017.
  • Atingir A2 em Espanhol – A minha empresa ofereceu-me aulas de espanhol (visto que trabalho há algum tempo com países em que a língua é espanhol) e fiquei com este certificado, aprendi imenso e gostei imenso da professora. Incrível ter descoberto a quantidade de erros que fiz até ter estas aulas, o “portunhol” é muito forte!
  • Tikal e Yaxhá – Embora maior parte do meu tempo na Guatemala tenha sido na cidade da Guatemala (que honestamente não recomendo totalmente porque é considerado uma cidade perigosa) tive oportunidade de visitar estas duas cidades Maias e valeu totalmente a pena. Se visitarem, façam-no com um guia para poderem conhecer a história!
  • Coaching – Fazer coaching foi algo totalmente fora da minha zona de conforto mas fez-me muito bem porque permitiu-me falar de muita coisa que tinha aqui a perturbar-me e deu-me condições para entender-me mais a mim própria e conhecer os meus valores. Recomendo totalmente a Sofia de Assunção, gostei imenso do seu trabalho.
  • Descobrir 2 restaurantes indianos que gostamos no Porto – Pode parecer uma coisa insignificante mas desde que eu e o Daniel parámos de ir para a Nova Zelândia trabalhar, estávamos completamente cheios de vontade de comer comida indiana boa (o naan é especialmente importante para nós) e até este ano todos os que tínhamos provado não nos convenciam. Caso tenham curiosidade, os restaurantes que ficámos fãs foram: Thali e Real Indiana.
  • Visitar a Croácia com os meus amigos – Não vejo Game of Thrones. Sim, é verdade, já toda a gente que conheço tentou-me convencer a ver, honestamente receio que me vicie bastante na série e acabe por não fazer nada para além ver a série. Mas a Croácia não é destino apenas para quem gosta de ver Game of Thrones, é um país lindíssimo e relaxante! Um dia quero voltar com o Daniel pois achei um destino super bom para namorar!
  • Saint Patrick’s Day! – Eu e algumas amigas fomos visitar uma amiga que vive em Dublin e festejámos o feriado nacional da Irlanda lá! Foi super divertido embora aquele frio e vento não me agradem nada!

Adoro fazer estas listas porque olho para trás e afinal aconteceu tanta coisa boa, tanta coisa para me sentir grata! Por vezes é difícil ter esta perspetiva no dia-a-dia.

Desejo a todos uma boa passagem de ano! Amanhã partilharei convosco os meus objetivos para 2018!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *